Teresina/PI – PiauiPrev passa a dispor de dados digitalizados de 43 mil servidores

4 de junho de 2019

Os dados dos prontuários foram lançados no sistema de gestão previdenciária da PiauíPrev – Sisprev Web

 

Nesta terça-feira (4), a PiauiPrev (Fundação Piauí Previdência) recebeu a conclusão dos trabalhos de análise documental e digitalização de dados de 43 mil prontuários de servidores públicos do Executivo, Judiciário e dos órgãos autônomos: Ministério Público, Tribunal de Contas e a Defensoria Pública do Estado do Piauí. Os dados foram lançados no sistema de gestão previdenciária da PiauíPrev (SISPREV WEB).

 

A apresentação, que foi acompanhada pelo presidente da PiauíPrev, Marcos Steiner Rodrigues Mesquita, e pelo secretário de Estado de Administração e Previdência, Ricardo Pontes, aconteceu no auditório da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), no Centro Administrativo de Teresina, foi feita pela gerente técnica da empresa Agenda Assessoria Planejamento e Informática Ltda,  Élida Jerônimo.

 

A análise documental e digitação de dados, prevista no contrato entre a PiauíPrev e a empresa Agenda Assessoria Planejamento e Informática Ltda, teve início em 28 de junho de 2018. A digitalização dos prontuários começou em 10 de setembro de 2018, quando foram analisados, um a um, e digitados no sistema 43.335 prontuários de servidores (por matrículas).

 
A PiauíPrev passa a dispor de um banco de dados totalmente digitalizados, depois de 400 mil documentos analisados e 2 milhões de registros de informações sobre a situação funcional de mais de 43 mil servidores ativos do Estado. A PiauíPrev entra numa nova fase, que é levar o sistema digital para o interior, disponibilizando as consultas, pedidos de aposentadorias, alterações cadastrais nas Gerências Regionais de Educação nos municípios.

 

Em breve, os servidores também vão pode consultar seus dados via celular, inclusive fazendo a simulação do benefício, quando do momento da inatividade.

 

Objetivos
A análise dos dados e a digitalização ocorreram de forma descentralizada, em 43 pontos distintos, que incluíram secretarias, autarquias, poderes e órgãos do Estado. Essa inovação vai melhorar a qualidade da prestação dos serviços aos segurados, tornando mais célere o processo de concessão de benefícios previdenciários e administrativos, possibilitando uma maior facilidade de acesso, principalmente aos servidores lotados no interior do Piauí.

 

Para realização do projeto – que compreendeu a análise documental, digitação de dados, digitalização de documentos, coordenação, suporte técnico de informática, suporte técnico de banco de dados e aplicativo e gestão do projeto – a Agenda contou com o trabalho de 45 colaboradores de forma direta, além dos servidores da própria Fundação, que auxiliaram nos processos.

 

Os dados coletados, digitalizados e disponibilizados no SISPREV WEB servirão de base para o planejamento público, facilitando o acesso às informações cadastrais de cada segurado e o consequente resultado em todos os níveis atuariais, administrativos e gerenciais.

 

 

Fonte: www.piauihoje.com

 

Voltar
Seu navegador não atende aos padrões de compatibilidade das tecnologias atuais. Recomendamos atualizar seu navegador para ter melhor aproveitamento do conteúdo.