Cuiabá e Várzea Grande estudam implantar plataforma para acesso ás informações das perícias

15 de agosto de 2017

Mais uma vez o modelo de gestão previdenciário do Cuiabá Prev serve de exemplo para cidades. Desta vez, o município de Várzea Grande visitou a sede do Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Cuiabá para conhecer a estrutura e ainda trocar informações sobre o sistema de gestão com a plataforma criada para o controle interno e ainda a implantação do censo.

 

Os gestores da Previdência dos dois municípios aproveitaram a oportunidade para discutir a situação das licenças médicas concedidas aos profissionais principalmente das áreas de educação e saúde. Recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) alertou das duas prefeituras sobre o quadro crescente de absenteísmo.

 

O secretário-adjunto de Previdência de Cuiabá, Fernando Jorge Mendes, observou que visando o equilíbrio financeiro da máquina pública propôs uma parceria que poderá contribuir com mecanismos de controle que permitam acompanhar a evolução dos afastamentos de professores, assim como suas motivações.

 

“O Cuiabá Prev passou por várias adequações ao longo dos anos que trouxe como resultado a Certificação ABNT NBR – ISO 9001, que gera o Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ), e procuramos assim trabalhar de forma transparente e agora propomos para o município de Várzea grande um cruzamento de informações de nossos servidores através de um Termo de Cooperação Técnica”, explica.

 

O Previvag gerencia mensalmente cerca de 4,5 mil contas, entre elas de aposentados, pensionistas e segurados por licenças médicas. Para a coordenadora executiva de Benefícios Previdenciários, Carolina Ramos Freitas, toda instituição precisa de troca de informações e, mesmo o Cuiabá Prev sendo referência, o acesso às informações das perícias dos servidores das duas cidades possibilita a melhor aplicação dos afastamentos.

 

“É importante que os afastamentos e benefícios temporários sejam bem apurados, por meio dessa parceria poderemos trabalhar melhor situações como as dos servidores da educação ou saúde que geralmente possuam mais vínculos com os dois municípios. A iniciativa é para minimizar fraudes e ônus para os cofres públicos. Além disso, esta recomendação do TCE vem no sentido de implementarmos ações voltadas à promoção, recuperação da saúde e readaptação dos profissionais em razão de doenças decorrentes do exercício da profissão”, explicou a coordenadora.

 

“No que tange os avanços técnicos, Cuiabá registra excelentes resultados, aprendemos muita nesta visita e com isso levaremos essas ideias para serem discutidas e dentro do possível implantaremos. É importante mantermos esse intercâmbio, que promove uma troca de informações que, de um modo geral, todos são beneficiados protegendo ainda mais o patrimônio do servidor”, disse o presidente do Instituto de Seguridade Social dos Servidores Públicos da Prefeitura de Várzea Grande (Previvag), Juarez Toledo Pizza.

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

Voltar
Seu navegador não atende aos padrões de compatibilidade das tecnologias atuais. Recomendamos atualizar seu navegador para ter melhor aproveitamento do conteúdo.